Mendoza

VINHO ARGENTINO

MENDOZA

Mendoza, aos pés dos Andes, é um dos melhores destinos turísticos da Argentina para estrangeiros. Também atrai argentinos em busca de uma escapulida perto de casa. Oferece paisagens incríveis, excelente rafting e ski glorioso... Tudo isso antes de sequer provar o vinho.

Mendoza está progredindo, especialmente a indústria de vinho. Cada ano quinze novas vinícolas se estabelecem e novas famílias vinícolas chegam desde França, Itália, Espanha ou Portugal. Este expertise do Velho Mundo esta avaliado pela inovação do Novo Mundo, e a incessante procura de criar as condições aptas para as videiras que dêem vinhos muito interessantes e únicos.

Talvez vocês perguntem, por que Mendoza? Porque oferece condições únicas para o cultivo das uvas. A altitude, que vá dos 700 aos 1800 meros acima do nível do mar, da variações de temperaturas que são ótimas para uvas tintas. Por causa das altas temperaturas no dia e baixas na noite, as cascas das uvas são mais grossas para poder assim se proteger. São estas cascas grossas que dão cor, aromas e taninos pro vinho.

Outra das grandes vantagens de Mendoza é a sua condição de deserto. A simples vista isto não parece benéfico para o cultivo das uvas, mas um dos principais problemas nos vinhedos da Europa tem a ver com o excesso de água. Como resultado, é preciso fumigar os vinhedos pelo menos sete vezes no ano, para afastar as possíveis doenças induzidas pela umidade. Aqui em Mendoza não temos estes problemas... A água de desgelo permite aos enólogos irrigar sem depender da mãe Natureza. Isto é muito importante especialmente antes da colheita (Março e Abril), já que muita água pode diluir a concentração das uvas.

Não obstante, não tudo é tão simples como parece; o grande fantasma em Mendoza é o granizo, que pode ser do tamanho de uma bola de golfe. O dano que faz num carro pode dar uma idéia do que pode fazer nas videiras. Alem de esmagar as uvas e as folhas das plantas, o granizo pode te deixar sem colheita pelos seguintes dois anos, ou ate, em casos extremos, matar a planta. Os enólogos tentam solucionar o problema diversificando o risco: tendo os vinhedos em diferentes áreas produtivas da província (já que o granizo nunca cai em todos os lados ao mesmo tempo). Se você teve pedra, pelo menos sabe que não foi no 100% dos seus vinhedos. Também existem as redes anti-granizo para proteger as plantas, então não tem que se preocupar! O seu vinho favorito vai ser feito cada ano.

Outra vantagem dos vinhos de Mendoza é o preço. Com a moeda argentina ligada ao dólar, os preços têm mudado muito pouco nos últimos dez anos, enquanto a qualidade tem subido, sem dúvida. No passado, o vinho argentino não era exportado, e era feito em quantidades industriais, mas a qualidade era muito baixa. Agora com o marketing internacional e os investimentos na indústria, os vinhos têm experimentado um aumento em complexidade, características minerais e elegância. Assim avalia a Wines of Argentina, organização que auspicia o vinho argentino como uma marca global. No 2002, Argentina tinha um 1% do mercado global, e no 2003 esse valor foi do 3%. A Wines of Argentina prediz que pro 2020 esse valor será do 10%. Um pouco pretensioso, mas com um produto tão fantástico, não serei eu quem se oponha.

Trout & Wine EVyT. LEG. 14085 - RES. 954/09
 

Book Now!

Copyright 2007 © The information on this page may not be reproduced, republished or mirrored on another webpage or website.
Operador responsible: Seven Colors Travel & Wine EVyT. LEG. 14085 - RES. 954/09